ANOREG ataca CNJ contra Regularização dos Cartórios

ANOREG, na contramão da História e da concretização da República, defende Interinos contra Moralização do Ingresso nos Cartórios

A Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-BR) e o Sindicato dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Sinoreg-SP) ajuizaram Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) contra decisão do Corregedor Nacional de Justiça que estabeleceu teto de rendimentos para interinos de Cartórios.

A ANOREG vem, assim, cada vez mais se afundando na defesa desesperada da manutenção de irregularidades verificadas em grande maioria das titularidades atuais dos Cartórios.

Sempre atuando contra todo e qualquer concurso para cartórios, a ANOREG provoca, juntamente com os interinos que defende, balbúrdia jurisdicional nas mais diversas instâncias objetivando protelar o encerramento dos certames e garantir o máximo possível de tempo de interinos à frente dos cartórios.

Agora, com o repúdio à limitação ao teto remuneratório a Interinos, a ANOREG deixa claro que está piamente contaminada pela defesa de Interinos de maior poder aquisitivo, pois esses seriam os únicos prejudicados pela medida moralizadora do CNJ.

A ação foi distribuída ao Ministro Gilmar Mendes. É o MS n. 29.039, cuja consulta pode se dar no seguinte link:

http://redir.stf.jus.br/estfvisualizadorpub/jsp/consultarprocessoeletronico/ConsultarProcessoEletronico.jsf?seqobjetoincidente=3930711

A petição inicial, com seus lamentáveis argumentos, pode ser acessada no link acima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um icone para log in:

Avise-me sobre novos comentários por e-mail.
Avise-me sobre novas publicações por e-mail.
 

Mapa do Site

Página Inicial

Fale Conosco

Área Restrita

2018 Todos os Direitos reservados. Andecc - Associação Nacional de Defesa dos Concursos para Cartórios