CNJ institui grupo de trabalho para elaboração de normativa mínima nacional

A Corregedoria Nacional de Justiça instituiu um grupo de trabalho com o objetivo de elaborar uma normativa nacional mínima para as serventias extrajudiciais, por meio da Portaria nº 65/2014, publicada na sexta-feira (21).

A coordenação ficará a cargo do desembargador Ricardo Henry Marques Dip. Também integrarão o grupo os notários e registradores Ademar Fioranelli, Ana Paula Frontini, Cláudio Marçal Freire, Fátima Cristina Ranaldo Caldeira, Francisco Ventura de Toledo, Geny de Jesus Macedo Morelli, José Maria Siviero, Paulo Tupinambá Vampré, Rogério Tobias e Sérgio Jacomino.

Já se iniciou a audiência de tabeliães e registradores públicos de todo o país, inclusive foi criado um grupo no Facebook com essa finalidade. Particpe!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um icone para log in:

Avise-me sobre novos comentários por e-mail.
Avise-me sobre novas publicações por e-mail.
 

Mapa do Site

Página Inicial

Fale Conosco

Área Restrita

2018 Todos os Direitos reservados. Andecc - Associação Nacional de Defesa dos Concursos para Cartórios