Notários aprovados em concurso tomam posse na Corregedoria – (TJ-MA)

Corregedor Cleones Cunha e os notários que tomaram posse

O corregedor-geral da Justiça, desembargador Cleones Carvalho Cunha, empossou os seis primeiros candidatos aprovados no Concurso para Notários e Registradores. Destes, cinco atuarão em tabelionatos da capital e um em Santa Inês. A solenidade de posse ocorreu na manhã desta terça-feira (4), na sede da Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão.

Após anulação da audiência pública do concurso, que deverá ocorrer novamente em data posterior, o Conselho Nacional de Justiça autorizou a posse dos aprovados nos seis primeiros lugares, que estavam presentes e não foram prejudicados, bem como não prejudicam o restante dos aprovados.

Tomaram posse: Juliana Pereira Soares, que vai assumir o 5º Tabelionato de Notas, no bairro do Renascença; Gustavo Dal Molin de Oliveira, que vai para o 7º Tabelionato de Notas, na Cohama; Ângelo Miguel de Souza Vargas, que assume o 3º Tabelionato de Notas, na Praça João Lisboa; Evelise Crespo Gonçalves Meister, que assumirá o 8º Tabelionato de Notas, no bairro do Anjo da Guarda; e Paulo de Tarso Guedes, que vai assumir o 2º Tabelionato de Protestos de São Luis.

A candidata aprovada Luciana Castelo Branco vai assumir o 2º Ofício de Notas, em Santa Inês. “Estou muito emocionada. Minha avó trabalhou nessa serventia, sendo a 1ª escrivã, em 1967. Depois minha mãe também passou por lá e agora eu chego, com muita vontade de trabalhar”, observou Luciana.

Juliana Pereira, uma das aprovadas, destacou a seriedade e o grau de competitividade do concurso. “Foi bastante concorrido, com muitos candidatos de altíssimo nível. Ficamos felizes em ver a forma séria e transparente com que o Tribunal de Justiça conduziu o certame”, destacou ela, que tem Mestrado em Direto Civil pela Universidade Federal de Minas Gerais.

O Des. Cleones Carvalho Cunha, que presidiu a comissão do concurso, destacou a descentralização das serventias em São Luís. “Fico feliz por estar hoje, aqui, empossando vocês. Mais feliz ainda por presenciar a descentralização dos serviços de notas e registros. O Centro de São Luís não possui mais condições para receber serventias. Falta, por exemplo, estrutura de estacionamento. É fundamental que a população, a coletividade, seja bem atendida nas serventias”, destacou o desembargador.

Sobre o concurso – O Concurso para Notários e Registradores teve início em 2011 e objetiva preencher 144 Serventias Extrajudiciais vagas em todo o Maranhão. Com a iniciativa, o TJMA pretende preencher o total das serventias vagas e criadas, e contemplar a população de todos os municípios maranhenses com serviços cartoriais.

Em São Luís estão sendo contemplados cinco serventias de Notas, uma de Pessoa Jurídica e Título de Documento, uma de Registro Civil e uma de Protesto (remoção).

 

Fonte: TJMA

Data da Publicação: 04/06/2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um icone para log in:

Avise-me sobre novos comentários por e-mail.
Avise-me sobre novas publicações por e-mail.
 

Mapa do Site

Página Inicial

Fale Conosco

Área Restrita

2018 Todos os Direitos reservados. Andecc - Associação Nacional de Defesa dos Concursos para Cartórios