Concurso SP: Desembargador Paulista, membro do CNJ, INDEFERE pedido de liminar da ANDECC contra entrevistas reservadas.

O Conselheiro Neves Amorim, que ocupa o cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo, negou o pedido da ANDECC de vedação à aplicação de entrevistas reservadas no oitavo concurso de delegações do Estado de São Paulo.

Em sucinta decisão, o Conselheiro entendeu que, conquanto previstas entrevistas pessoais não havia qualquer indicativo de que tais inquirições se dariam de forma reservada, o que tornaria essa modalidade de avaliação compatível com os princípios constitucionais.

Propôs, o Conselheiro, que o repúdio do CNJ às entrevistas pessoais adotadas no 183º Concurso da Magistratura se deu, tão somente, em virtude de seu caráter secreto e reservado o que não repetiria no atual concurso de Cartórios.

TJSP MUDA PROCEDIMENTO E REALIZA ENTREVISTAS PÚBLICAS. Em sensível avanço rumo a uma maior transparência sem seus processos seletivos, o TJSP conferiu publicidade às entrevistas pessoais, as quais se realizaram de forma pública, a portas abertas e na presença de outros candidatos previamente arguidos. A modificação nos procedimentos visa a evitar futuros questionamentos quanto à higidez e transparência do certame, tal qual acontecera com o 183º concurso da Magistratura Estadual.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um icone para log in:

Avise-me sobre novos comentários por e-mail.
Avise-me sobre novas publicações por e-mail.
 

Mapa do Site

Página Inicial

Fale Conosco

Área Restrita

2018 Todos os Direitos reservados. Andecc - Associação Nacional de Defesa dos Concursos para Cartórios